Blog Urologia - Dr. Petronio Melo

GreenLight Laser: A Revolução no Tratamento da Hiperplasia Prostática Benigna

greenlight laser

Introdução

 

Hiperplasia Prostática Benigna: Um Problema Comum entre Homens

A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) é uma condição médica muito comum entre homens, especialmente à medida que envelhecem. Estima-se que mais da metade dos homens com mais de 50 anos apresentam algum grau de HPB. Essa condição ocorre devido ao aumento do tamanho da próstata, que pressiona a uretra e causa dificuldade para urinar. Os sintomas típicos incluem micção frequente, jato urinário fraco, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga e até mesmo retenção urinária aguda.

Tradicionalmente, o tratamento da HPB envolve medicamentos, como alfa-bloqueadores e inibidores da 5-alfa-redutase, ou procedimentos cirúrgicos invasivos, como a ressecção transuretral da próstata (RTU) e a prostatectomia aberta. No entanto, a busca por tratamentos menos invasivos e com menor risco de complicações levou ao desenvolvimento de uma técnica revolucionária: o GreenLight Laser.

 

GreenLight Laser: Uma Alternativa Inovadora para Tratar a HPB

O GreenLight Laser é um tratamento minimamente invasivo que utiliza a tecnologia laser para tratar a Hiperplasia Prostática Benigna. Esse procedimento envolve a inserção de um endoscópio pela uretra até a próstata, permitindo que o médico acesse diretamente a área afetada. A energia do laser é então aplicada para vaporizar o excesso de tecido prostático, desobstruindo a uretra e aliviando os sintomas da HPB. O GreenLight Laser oferece várias vantagens em comparação com os métodos tradicionais de tratamento, incluindo menor tempo de recuperação, menor risco de complicações e maior precisão.

 

Como o GreenLight Laser Funciona

O procedimento com GreenLight Laser utiliza um laser de alta potência com comprimento de onda específico (532 nm) que é seletivamente absorvido pela hemoglobina, a molécula responsável pelo transporte de oxigênio no sangue. Essa absorção permite que o laser vaporize o tecido prostático de forma eficiente e controlada, enquanto minimiza o dano térmico aos tecidos adjacentes e reduz o risco de sangramento.

 

Recuperação Rápida e Menos Complicações

Um dos maiores benefícios do GreenLight Laser é a recuperação mais rápida em comparação com outros tratamentos cirúrgicos. Pacientes submetidos ao procedimento geralmente apresentam alta hospitalar em até 24 horas e podem retornar às atividades normais em poucos dias. Além disso, as complicações associadas ao GreenLight Laser, como infecções do trato urinário e sangramento, são menos frequentes e menos graves do que as observadas com métodos mais invasivos.

 

Ampla Aplicação e Acessibilidade

O GreenLight Laser é adequado para pacientes com diversos graus de HPB e pode ser realizado em ambientes hospitalares ou ambulatoriais, aumentando a acessibilidade do tratamento. Além disso, o procedimento pode ser uma opção para pacientes que não respondem bem aos medicamentos ou que apresentam contraindicações para os tratamentos cirúrgicos tradicionais.

 

Preservação da Função Sexual

Outra vantagem significativa do GreenLight Laser é a preservação da função sexual. Enquanto outros tratamentos cirúrgicos, como a RTU e a prostatectomia aberta, podem levar a disfunção erétil e incontinência urinária, o GreenLight Laser apresenta menor risco dessas complicações. Isso ocorre porque a energia do laser é aplicada de forma precisa e controlada, preservando os nervos e os músculos responsáveis pela ereção e continência.

 

O que é GreenLight Laser?

 

Tecnologia e Equipamento do GreenLight Laser

O sistema GreenLight Laser consiste em um laser de alta potência acoplado a um endoscópio, geralmente um cistoscópio ou um ressectoscópio. A fonte do laser é um cristal dopado com ítrio, alumínio e granada, que emite uma luz verde com um comprimento de onda específico de 532 nanômetros. Essa luz é transmitida através de uma fibra óptica flexível que alcança a próstata e permite a aplicação precisa da energia do laser no tecido prostático.

O equipamento também possui um sistema de refrigeração integrado, que utiliza um fluxo contínuo de solução salina estéril para manter a temperatura da ponta da fibra óptica e dos tecidos adjacentes em níveis seguros. Isso evita danos térmicos indesejados e reduz o risco de complicações.

 

Procedimento com GreenLight Laser: Passo a Passo

  1. Preparação do paciente Antes do procedimento, o paciente é submetido a uma avaliação médica completa para determinar a gravidade da HPB e a adequação do GreenLight Laser como opção de tratamento. Essa avaliação pode incluir exames de sangue, ultrassonografia da próstata e estudos urodinâmicos. O paciente também recebe instruções pré-operatórias sobre cuidados e medicações.
  2. Anestesia e posicionamento O procedimento com GreenLight Laser pode ser realizado sob anestesia geral, regional (raquidiana ou peridural) ou local, dependendo das condições do paciente e das preferências do médico. Após a administração da anestesia, o paciente é posicionado de forma adequada, geralmente em posição de litotomia (deitado de costas com as pernas elevadas e afastadas).
  3. Acesso à próstata O médico insere um endoscópio (cistoscópio ou ressectoscópio) através da uretra até a próstata. Um endoscópio é um instrumento fino e flexível equipado com uma câmera e uma fonte de luz que permite visualizar o interior da uretra e da próstata em tempo real.
  4. Aplicação do laser A fibra óptica do laser é introduzida através do endoscópio e posicionada em contato com o tecido prostático a ser removido. O médico ativa o laser e aplica a energia de forma controlada e precisa, vaporizando o excesso de tecido prostático que está comprimindo a uretra.
  5. Monitoramento e controle do procedimento Durante o procedimento, o médico monitora constantemente a progressão da vaporização e ajusta a aplicação do laser conforme necessário. A solução salina estéril é continuamente irrigada através do endoscópio para resfriar a área e ajudar a remover os resíduos vaporizados.
  6. Finalização e retirada do endoscópio Após a remoção suficiente do tecido prostático e a desobstrução da uretra, o médico desliga o laser e verifica cuidadosamente a área tratada para garantir que não haja sangramento ativo ou outras complicações. Em seguida, o endoscópio é cuidadosamente retirado da uretra.
  7. Pós-operatório e recuperação Após o procedimento, o paciente é levado para a sala de recuperação e monitorado até que a anestesia diminua. Geralmente, é inserido um cateter temporário na uretra para ajudar a drenar a bexiga e permitir a cicatrização da próstata. O cateter é normalmente removido dentro de 24 a 48 horas, dependendo da recuperação individual do paciente.

Os pacientes costumam receber alta hospitalar em até 24 horas após o procedimento e podem retornar às suas atividades normais em poucos dias. O médico prescreve medicamentos para controlar a dor e possíveis infecções, além de fornecer instruções detalhadas sobre cuidados pós-operatórios e acompanhamento médico.

 

Vantagens do GreenLight Laser em comparação a outros tratamentos

 

Comparação com Procedimentos Tradicionais

Ressecção Transuretral da Próstata (RTU)

A RTU é um procedimento cirúrgico padrão para tratar a HPB, no qual um instrumento chamado ressectoscópio é inserido na uretra para remover o excesso de tecido prostático. Embora eficaz, a RTU apresenta algumas desvantagens em comparação ao GreenLight Laser:

  • Risco de sangramento: A RTU envolve cortar e cauterizar o tecido prostático, aumentando o risco de sangramento e a necessidade de transfusões sanguíneas.
  • Tempo de recuperação: A recuperação após a RTU pode levar várias semanas, enquanto a recuperação do GreenLight Laser é geralmente mais rápida.
  • Síndrome da reabsorção transuretral: A RTU pode levar à absorção excessiva de líquidos irrigantes, causando complicações como hiponatremia e edema pulmonar. O GreenLight Laser tem menor risco dessa síndrome devido ao uso de solução salina estéril para refrigeração.

 

Prostatectomia Aberta

A prostatectomia aberta é uma cirurgia invasiva que envolve a remoção parcial ou total da próstata através de uma incisão no abdômen. Essa abordagem é geralmente reservada para casos de HPB avançada, mas apresenta desvantagens em comparação ao GreenLight Laser:

  • Invasividade: A prostatectomia aberta requer uma incisão abdominal e apresenta maior risco de infecção e complicações cirúrgicas.
  • Tempo de recuperação: A recuperação após uma prostatectomia aberta pode levar de 4 a 6 semanas, enquanto a recuperação do GreenLight Laser é geralmente mais rápida.
  • Risco de complicações: A prostatectomia aberta tem maior risco de complicações, como disfunção erétil e incontinência urinária, em comparação ao GreenLight Laser.

 

Principais Vantagens do GreenLight Laser

Menor Tempo de Recuperação

Uma das principais vantagens do GreenLight Laser é a rápida recuperação após o procedimento. Pacientes tratados com GreenLight Laser geralmente recebem alta hospitalar em até 24 horas e podem retomar suas atividades normais em poucos dias. Isso é especialmente benéfico para pacientes idosos ou com comorbidades, que podem ter maior dificuldade em se recuperar de procedimentos cirúrgicos mais invasivos.

Menor Risco de Complicações

O GreenLight Laser apresenta menor risco de complicações em comparação aos tratamentos cirúrgicos tradicionais. A precisão do laser permite a remoção eficiente do tecido prostático, minimizando o dano térmico aos tecidos adjacentes e reduzindo o risco de sangramento. Além disso, o uso de solução salina estéril para refrigeração reduz o risco de síndrome da reabsorção transuretral, uma complicação potencialmente perigosa associada à RTU. Por fim, o GreenLight Laser apresenta menor risco de disfunção erétil e incontinência urinária em comparação aos tratamentos cirúrgicos tradicionais.

Maior Precisão

A energia do laser é aplicada de forma precisa e controlada, permitindo a vaporização seletiva do tecido prostático excedente sem afetar os tecidos saudáveis adjacentes. Isso resulta em menor risco de danos aos nervos e músculos responsáveis pela ereção e continência, bem como menor risco de estenose uretral (estreitamento da uretra) e formação de cicatrizes.

Ampla Aplicabilidade

O GreenLight Laser pode ser usado em uma variedade de cenários clínicos e é adequado para pacientes com diferentes graus de HPB. Isso inclui pacientes que não respondem bem aos medicamentos, aqueles que apresentam contraindicações para os tratamentos cirúrgicos tradicionais e pacientes que preferem uma abordagem minimamente invasiva. Além disso, o procedimento pode ser realizado em ambientes hospitalares ou ambulatoriais, aumentando a acessibilidade do tratamento.

 

Indicações e contraindicações

 

Para quem é indicado o procedimento

Indicações Gerais

O GreenLight Laser é indicado para pacientes que sofrem de Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), uma condição comum que afeta homens mais velhos e causa dificuldade em urinar devido ao aumento do tamanho da próstata. O procedimento é especialmente adequado para pacientes que:

  • Não respondem adequadamente aos medicamentos: Algumas pessoas não experimentam alívio dos sintomas com medicamentos comuns para HPB, como alfa-bloqueadores e inibidores da 5-alfa-redutase.
  • Têm efeitos colaterais significativos dos medicamentos: Alguns pacientes podem experimentar efeitos colaterais indesejáveis dos medicamentos, como tonturas, disfunção erétil ou efeitos gastrointestinais.
  • Não são candidatos adequados para cirurgias tradicionais: Pacientes com alto risco cirúrgico, como aqueles com comorbidades significativas, podem se beneficiar do GreenLight Laser como uma alternativa menos invasiva.

 

Indicações Específicas

O GreenLight Laser pode ser indicado para pacientes com características específicas, como:

  • Próstata de tamanho moderado a grande: O procedimento é especialmente eficaz em pacientes com próstatas maiores, onde a RTU pode ser tecnicamente desafiadora e demorada.
  • Pacientes em uso de anticoagulantes: O GreenLight Laser apresenta menor risco de sangramento e, portanto, pode ser uma opção mais segura para pacientes que necessitam continuar o uso de anticoagulantes durante o tratamento.
  • Retenção urinária aguda: O GreenLight Laser pode ser usado em pacientes que apresentam retenção urinária aguda devido à HPB, proporcionando alívio rápido dos sintomas e evitando a necessidade de cateterismo prolongado.

 

Contraindicações e possíveis complicações

Contraindicações

Embora o GreenLight Laser seja uma opção de tratamento segura e eficaz para muitos pacientes, existem algumas contraindicações que devem ser consideradas:

  • Suspeita de câncer de próstata: Se houver suspeita de câncer de próstata, o GreenLight Laser não é a opção de tratamento adequada. Nesses casos, uma avaliação adicional e tratamento específico para câncer de próstata são necessários.
  • Anatomia uretral anormal: Pacientes com estenose uretral significativa ou outras anormalidades uretrais podem não ser candidatos ideais para o GreenLight Laser.
  • Incontinência urinária pré-existente: Pacientes com incontinência urinária antes do tratamento podem apresentar maior risco de piora da incontinência após o procedimento.

 

Possíveis complicações

Embora o GreenLight Laser seja um procedimento minimamente invasivo com menor risco de complicações em comparação aos tratamentos cirúrgicos tradicionais, algumas complicações ainda podem ocorrer, como:

  • Sangramento: Embora raro, algum sangramento pode ocorrer após o procedimento. Geralmente, é autolimitado e não requer intervenção adicional.
  • Infecção: Infecções do trato urinário ou da próstata podem ocorrer após o procedimento, mas são geralmente tratáveis com antibióticos.
  • Estenose uretral: A formação de cicatrizes pode levar ao estreitamento da uretra em alguns casos, embora isso seja menos comum do que em procedimentos como a RTU.
  • Disfunção erétil: Embora o risco seja menor em comparação aos tratamentos cirúrgicos tradicionais, alguns pacientes podem experimentar disfunção erétil temporária após o GreenLight Laser.
  • Incontinência urinária: A incontinência urinária pode ocorrer após o procedimento, principalmente em pacientes com incontinência pré-existente. Geralmente, melhora com o tempo e exercícios de reabilitação pélvica.

 

Recuperação e cuidados pós-operatórios

 

O que esperar após o procedimento

Recuperação Rápida

Uma das principais vantagens do GreenLight Laser é a recuperação rápida após o procedimento. A maioria dos pacientes pode retornar às suas atividades normais dentro de alguns dias a uma semana após o tratamento, embora isso possa variar de acordo com a gravidade da HPB e a saúde geral do paciente.

 

Melhora dos Sintomas

Os pacientes geralmente experimentam uma melhora significativa nos sintomas urinários logo após o procedimento, incluindo aumento do fluxo urinário, menor frequência urinária e menor urgência. A melhora completa dos sintomas pode levar algumas semanas, à medida que o inchaço e a inflamação diminuem.

 

Possíveis Efeitos Colaterais Temporários

Após o procedimento, alguns pacientes podem experimentar efeitos colaterais temporários, como:

  • Desconforto ou dor ao urinar: Isso geralmente diminui dentro de alguns dias a uma semana.
  • Presença de sangue na urina: Isso pode ocorrer nos primeiros dias após o procedimento e deve diminuir gradualmente.
  • Aumento da frequência urinária: Isso geralmente melhora à medida que a próstata cicatriza e a inflamação diminui.

 

Instruções e cuidados pós-operatórios

Hidratação Adequada

É importante que os pacientes bebam bastante líquidos nos primeiros dias após o procedimento para ajudar a eliminar quaisquer fragmentos de tecido prostático e reduzir o risco de infecção do trato urinário. No entanto, evite bebidas alcoólicas, cafeína e bebidas gaseificadas, pois podem irritar a bexiga.

Medicamentos

O médico pode prescrever medicamentos para controlar a dor e o desconforto, como analgésicos e anti-inflamatórios não esteroidais. Além disso, os pacientes podem receber antibióticos para prevenir infecções.

Evite Esforço Físico Intenso

Os pacientes devem evitar atividades físicas intensas, como levantar objetos pesados e exercícios extenuantes, por cerca de duas a quatro semanas após o procedimento. Isso permite que a próstata cicatrize adequadamente e reduz o risco de sangramento.

Retorno às Atividades Sexuais

A retomada das atividades sexuais pode ser discutida com o médico, que fornecerá recomendações específicas com base na saúde geral do paciente e no progresso da recuperação. Geralmente, é seguro retomar as atividades sexuais cerca de duas a quatro semanas após o procedimento.

Acompanhamento Médico

Os pacientes devem seguir as consultas de acompanhamento conforme recomendado pelo médico para avaliar a recuperação e garantir que a próstata esteja cicatrizando adequadamente. Isso pode incluir exames físicos, testes de fluxo urinário e exames de sangue.

 

Conclusão

 

Importância do GreenLight Laser no tratamento da HPB

A Hiperplasia Prostática Benigna é uma condição comum que afeta muitos homens à medida que envelhecem, causando sintomas urinários desconfortáveis e, por vezes, debilitantes. O GreenLight Laser surge como uma opção de tratamento revolucionária, oferecendo uma solução minimamente invasiva e altamente eficaz para pacientes com HPB. Esta tecnologia inovadora tem transformado a vida de inúmeros homens, proporcionando alívio duradouro dos sintomas e melhorando a qualidade de vida.

 

Benefícios e Vantagens do Procedimento

Os principais benefícios e vantagens do GreenLight Laser incluem:

  • Minimamente invasivo: O GreenLight Laser é uma opção de tratamento menos invasiva em comparação aos procedimentos tradicionais, como a RTU e a prostatectomia aberta, reduzindo o risco de complicações e melhorando a recuperação pós-operatória.
  • Precisão e eficácia: O equipamento de laser de alta potência proporciona precisão incomparável, permitindo que o médico remova o tecido prostático de forma segura e eficiente, com menor risco de sangramento e danos aos tecidos circundantes.
  • Menor tempo de recuperação: Os pacientes geralmente experimentam uma recuperação mais rápida após o tratamento com GreenLight Laser, permitindo que retornem às suas atividades normais em um tempo significativamente menor do que os tratamentos convencionais.
  • Resultados duradouros: O GreenLight Laser proporciona alívio duradouro dos sintomas, melhorando a qualidade de vida e reduzindo a necessidade de tratamentos adicionais no futuro.

Em resumo, o GreenLight Laser representa uma verdadeira revolução no tratamento da Hiperplasia Prostática Benigna. Esta tecnologia avançada oferece uma solução eficaz e segura para os pacientes, com inúmeras vantagens em comparação aos procedimentos tradicionais. Como médico urologista e cirurgião robótico, é fundamental estar ciente das últimas inovações na área e considerar o GreenLight Laser como uma opção viável para o tratamento de pacientes com HPB.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Categorias
urologista

Dr. Petronio Melo

CRM-SP 157.598 – RQE 70.725

  • Doutorado pela Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo (USP)
  • Certificação em Cirurgia Robótica pela Intuitive Surgical
  • Membro da American Urological Association (AUA)
  • Membro da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

DÚVIDAS?

Categorias
urologista

Dr. Petronio Melo

CRM-SP 157.598

– Urologista, Andrologista e Cirurgião Robótico

– Certificação em Cirurgia Robótica pela Intuitive Surgical (Sunnyvale, Califórnia, EUA).

– Doutorado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)

DÚVIDAS?

Agende com um especialista

Se você ou alguém que você conhece está enfrentando sintomas de Hiperplasia Prostática Benigna e deseja obter mais informações sobre o revolucionário tratamento com GreenLight Laser, não hesite em entrar em contato com o nosso consultório. Como médico urologista e cirurgião robótico experiente, estou comprometido em fornecer aos meus pacientes as opções de tratamento mais avançadas e eficazes disponíveis.

O primeiro passo para melhorar a qualidade de vida e tratar a HPB é agendar uma consulta em nosso consultório localizado na Vila Mariana, em São Paulo. Durante a consulta, discutiremos os sintomas, avaliaremos sua condição e determinaremos se o GreenLight Laser é a opção de tratamento mais adequada para você. Além disso, responderemos a todas as suas dúvidas e preocupações sobre o procedimento, garantindo que você se sinta confortável e informado durante todo o processo.

Estamos à disposição para ajudá-lo a entender melhor o tratamento com GreenLight Laser e como ele pode beneficiar sua saúde e bem-estar. Entre em contato conosco pelos telefones (11) 91060-1374 e (11) 2659-4092 ou acesse nosso site https://www.drpetroniomelo.com.br para obter mais informações e agendar sua consulta.

Nosso consultório está localizado na Rua Domingos de Morais, 2187, Bloco Paris – conj. 210, Vila Mariana, São Paulo, SP, Brasil, CEP 04035-000. Você também pode encontrar nossa localização no Google Maps através do seguinte link: https://goo.gl/maps/KgCNzjkcHbsrW3sz6

Além disso, convido você a se inscrever no meu canal no YouTube: https://www.youtube.com/drpetroniomelo, onde compartilho informações valiosas e atualizações sobre urologia, cirurgia robótica e diversos outros temas relacionados à saúde masculina. Através deste canal, você pode se manter informado sobre as últimas novidades e avanços no campo da urologia.

Não deixe que a Hiperplasia Prostática Benigna afete sua qualidade de vida. Agende uma consulta hoje mesmo e descubra como o tratamento com GreenLight Laser pode ser a solução que você está procurando.

Atendimento com Urologista

Entre em contato e agende a sua consulta 

São Paulo - SP

R. Domingos de Morais, 2187, Bloco Paris – conj. 210
Vila Mariana, CEP 04035-000

Atendimento online

Horário de atendimento: 08:00 às 20:00
consultorio urologia vila mariana

São Paulo, SP

Consulta presencial

favicon petronio melo

Telemedicina

Consulta online