Blog Urologia - Dr. Petronio Melo

Candidíase Masculina: Conhecendo os Sinais, Tratamentos e Prevenção

candidiase masculina

Introdução

O que é Candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por um tipo de fungo chamado Candida. Esse fungo é comum no corpo humano e pode ser encontrado na pele, na boca, no intestino e, para as mulheres, na área vaginal. Em geral, ele vive em harmonia com nosso organismo e não causa problemas. Contudo, sob certas circunstâncias, como a redução do sistema imunológico ou alterações na microbiota normal, o fungo Candida pode proliferar excessivamente, levando à candidíase.

Candidíase Masculina: Uma Realidade Pouco Conhecida

Quando falamos de candidíase, é comum que muitas pessoas associem a condição principalmente às mulheres. Isso ocorre porque a candidíase vaginal é, de fato, uma ocorrência comum entre elas, principalmente em mulheres grávidas ou que fazem uso de anticoncepcionais hormonais. Entretanto, é importante destacar que os homens também podem ser afetados por esta condição.

Embora menos prevalente do que em mulheres, a candidíase masculina é uma realidade que merece atenção. A infecção pode ocorrer em várias partes do corpo, mas é mais comumente encontrada na área genital, resultando no que é conhecido como candidíase peniana. Outros locais comuns para a candidíase em homens incluem a boca (candidíase oral ou aftas) e a pele, especialmente em áreas quentes e úmidas do corpo.

Desmistificando a Candidíase Masculina

Ao contrário do que muitos podem pensar, a candidíase masculina não é uma doença sexualmente transmissível. Embora possa ser transmitida através do contato sexual, esta não é a única forma de transmissão. O fungo Candida está presente em nosso corpo e o ambiente certo pode levar ao crescimento excessivo do fungo, independentemente da atividade sexual.

Existem muitos fatores que podem predispor os homens à candidíase. Alguns destes incluem o uso de antibióticos, que podem matar as bactérias amigáveis que controlam o crescimento do fungo Candida; uma dieta rica em açúcares, que o fungo adora; roupas que mantêm a área genital quente e úmida, o que proporciona um ambiente perfeito para o crescimento do fungo; e a presença de doenças como o diabetes, que pode alterar o equilíbrio do organismo e torná-lo mais suscetível à infecção.

A Importância da Informação

Conhecer e entender a candidíase masculina é o primeiro passo para lidar efetivamente com a condição. Embora possa ser desconfortável e até mesmo angustiante, é importante lembrar que a candidíase masculina é comum e tratável. Reconhecer os sinais e sintomas é crucial para o diagnóstico precoce e eficaz, e para o tratamento adequado.

Além disso, uma boa compreensão da candidíase pode ajudar a prevenir futuros episódios. A conscientização sobre a importância da boa higiene, uma dieta equilibrada e o cuidado com a saúde geral do corpo podem contribuir muito para evitar a proliferação excessiva do fungo Candida.

Em resumo, a candidíase masculina é uma condição que os homens devem estar cientes. O conhecimento sobre os sintomas, tratamentos e métodos de prevenção pode ajudar os homens a manterem sua saúde e bem-estar. Vamos explorar mais profundamente o que é a candidíase masculina, suas causas, sintomas, diagnóstico, tratamentos e prevenção nos próximos capítulos.

Lembre-se, este artigo é para fins informativos e educacionais. Se você acha que pode estar sofrendo de candidíase ou tem quaisquer preocupações sobre sua saúde, consulte sempre um profissional de saúde qualificado.

O que é Candidíase Masculina?

A Infecção Fúngica no Homem

Candidíase masculina, também conhecida como candidíase peniana ou balanite por candidíase, é uma infecção fúngica que afeta a pele do pênis. Essa infecção ocorre quando o fungo Candida albicans, que é um micro-organismo naturalmente presente no corpo humano, prolifera de forma descontrolada. Embora a candidíase seja mais frequentemente associada às mulheres, os homens não estão imunes a ela.

Causas da Candidíase Masculina

A candidíase masculina pode ser provocada por diversos fatores. As situações mais comuns que facilitam a proliferação do fungo Candida albicans incluem:

  • Uso de antibióticos: Esses medicamentos podem matar bactérias benignas no corpo que controlam o crescimento de Candida.
  • Diabetes: O excesso de açúcar no sangue proporciona o ambiente ideal para o crescimento do fungo.
  • Sistema imunológico enfraquecido: Aqueles com um sistema imunológico enfraquecido são mais propensos a infecções, incluindo candidíase.
  • Higiene inadequada: A não higienização adequada da área genital pode permitir que o fungo Candida cresça.
  • Roupas apertadas e úmidas: Roupas íntimas apertadas ou úmidas podem criar um ambiente propício para o crescimento do fungo.

Sintomas da Candidíase Masculina

A candidíase masculina pode causar uma série de sintomas desconfortáveis, que incluem:

  • Vermelhidão e inchaço na ponta do pênis
  • Coceira intensa ou sensação de queimação no pênis
  • Secreção branca, semelhante a queijo cottage, sob o prepúcio
  • Dor durante a micção ou relações sexuais
  • Rash ou pequenas bolhas na pele do pênis

É importante lembrar que nem todos os homens apresentam sintomas de candidíase, e os sintomas podem variar de leve a grave.

Impacto da Candidíase Masculina na Vida do Homem

A candidíase masculina pode ter um impacto significativo na qualidade de vida de um homem. Além do desconforto físico, a condição pode levar a sentimentos de vergonha ou constrangimento. Em alguns casos, pode também afetar a vida sexual, uma vez que a dor ou o desconforto durante o sexo podem inibir a atividade sexual.

Ademais, a necessidade constante de lidar com os sintomas da candidíase pode levar a um aumento do estresse e da ansiedade. Tudo isso reforça a importância de buscar tratamento imediato em caso de suspeita de candidíase.

Vamos explorar mais a fundo as causas e os fatores de risco associados à candidíase masculina no próximo capítulo, com o objetivo de fornecer mais informações que podem ajudar a prevenir essa condição.

Lembre-se, sempre que sentir sintomas incomuns, consulte um profissional de saúde qualificado para um diagnóstico e tratamento adequado. A sua saúde sempre deve ser a sua prioridade.

Causas e Fatores de Risco

As Causas da Candidíase Masculina

A candidíase masculina é causada pelo excesso de crescimento do fungo Candida albicans, que está naturalmente presente no corpo humano. O crescimento excessivo do fungo pode ocorrer devido a uma série de fatores que alteram o equilíbrio natural do organismo. Aqui estão as principais causas da candidíase em homens:

  • Uso de Antibióticos

Os antibióticos são medicamentos utilizados para tratar infecções bacterianas. No entanto, além de eliminar as bactérias que causam a doença, eles também podem eliminar as bactérias benéficas que controlam o crescimento de fungos como o Candida albicans. Quando isso acontece, o fungo tem a oportunidade de crescer excessivamente e causar infecção.

  • Diabetes

Os homens que têm diabetes, especialmente quando não está bem controlada, estão mais propensos a desenvolver candidíase. Isto se deve ao fato de que o excesso de açúcar no sangue proporciona um ambiente ideal para o crescimento do fungo.

Fatores de Risco para a Candidíase Masculina

Existem vários fatores que podem aumentar o risco de um homem desenvolver candidíase. Vamos discutir alguns deles a seguir:

  • Sistema Imunológico Enfraquecido

Os homens com um sistema imunológico enfraquecido são mais suscetíveis a infecções, incluindo a candidíase. Isso pode ser o resultado de uma doença subjacente, como HIV, ou devido a um tratamento médico, como a quimioterapia.

  • Obesidade

A obesidade está associada a um aumento no risco de desenvolver candidíase. Isso ocorre porque as dobras de pele podem criar um ambiente quente e úmido que favorece o crescimento do fungo.

  • Higiene Inadequada

A má higiene pode também contribuir para o desenvolvimento de candidíase. A falta de limpeza adequada da área genital pode permitir que o fungo cresça excessivamente.

  • Roupas Úmidas e Apertadas

Usar roupas íntimas apertadas ou manter a área genital úmida por longos períodos de tempo também pode favorecer o crescimento do fungo.

Prevenindo a Candidíase Masculina

A prevenção da candidíase em homens envolve minimizar esses fatores de risco. Por exemplo, mantendo um bom controle do diabetes, praticando boa higiene pessoal e usando roupas íntimas que permitam que a área genital respire pode ajudar a evitar a candidíase. Da mesma forma, os homens que estão tomando antibióticos devem falar com seu médico sobre medidas que podem ser tomadas para reduzir o risco de candidíase.

É importante lembrar que, embora a candidíase seja uma condição comum, é necessário procurar a orientação de um profissional de saúde se você suspeitar que está com candidíase. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para resolver a infecção efetivamente e evitar complicações futuras.

Sintomas da Candidíase Masculina

Manifestações Físicas da Candidíase

A candidíase masculina manifesta-se através de uma série de sintomas físicos que podem variar em gravidade de pessoa para pessoa. Vamos discutir os sinais mais comuns a seguir:

  • Irritação e Inflamação

Um dos primeiros sinais de candidíase masculina é geralmente uma vermelhidão ou inflamação na cabeça do pênis (glande). A área pode também estar inchada e sensível ao toque.

  • Prurido e Ardor

Coceira intensa é outro sintoma comum da candidíase masculina. Essa coceira pode ser acompanhada por uma sensação de ardor, especialmente durante a micção ou durante a relação sexual.

  • Descarga Branca

Em alguns casos, os homens com candidíase podem notar uma descarga branca e espessa sob o prepúcio. Esta descarga é frequentemente comparada ao queijo cottage e pode ter um odor ligeiramente fermentado.

  • Rash Cutâneo

Um rash na pele do pênis é outro possível sinal de candidíase masculina. Este rash pode ser vermelho e inflamado, e pode até formar pequenas bolhas ou úlceras em casos graves.

  • Dor

A dor é outro sintoma potencial da candidíase masculina. Isso pode incluir dor durante a relação sexual, dor durante a micção ou uma dor generalizada no pênis ou na área genital.

Efeitos Psicológicos da Candidíase

Embora a candidíase masculina seja uma condição física, ela também pode ter efeitos psicológicos. A seguir, vamos discutir alguns desses impactos:

  • Ansiedade e Estresse

A constante coceira, ardor e desconforto causados pela candidíase podem levar a um aumento nos níveis de ansiedade e estresse. Além disso, a preocupação com a possibilidade de transmissão sexual do fungo para um parceiro também pode contribuir para a ansiedade.

  • Impacto na Vida Sexual

A candidíase masculina pode ter um impacto significativo na vida sexual de um homem. O desconforto e a dor durante a relação sexual podem diminuir o desejo sexual e causar tensão em um relacionamento.

  • Vergonha e Constrangimento

Muitos homens sentem-se envergonhados ou constrangidos pelos sintomas da candidíase. Isso pode levá-los a evitar procurar tratamento, o que pode, por sua vez, prolongar a duração e a gravidade da infecção.

É fundamental que os homens sejam encorajados a procurar tratamento médico para a candidíase. Embora seja uma condição comum e geralmente inofensiva, a candidíase pode causar sintomas desconfortáveis e ter um impacto significativo na qualidade de vida de um homem. Além disso, o tratamento precoce pode ajudar a prevenir a recorrência da infecção e a transmissão para parceiros sexuais.

Como a Candidíase Masculina é Diagnosticada?

O diagnóstico de candidíase masculina envolve uma série de passos, que geralmente começam com uma consulta médica. Vamos entender melhor este processo.

Consulta Médica

A primeira etapa do diagnóstico é uma consulta médica. O médico irá perguntar sobre os sintomas que o paciente está experimentando, bem como sobre seu histórico médico e sexual. É importante fornecer informações precisas e completas para ajudar o médico a fazer um diagnóstico correto.

  • Exame Físico

Após a discussão inicial, o médico geralmente realizará um exame físico. Isto incluirá uma inspeção visual da área genital para identificar qualquer sinal de infecção, como vermelhidão, inchaço ou descarga.

Exames Laboratoriais

Se os sintomas e o exame físico sugerem uma infecção por candidíase, o médico pode solicitar exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico.

  • Teste de Cultura

Uma maneira de confirmar a presença do fungo Candida é por meio de um teste de cultura. Neste teste, uma amostra da descarga ou de um raspado da pele infectada é coletada e enviada para um laboratório. No laboratório, a amostra é colocada em um ambiente que promove o crescimento de fungos. Se o Candida crescer, o diagnóstico de candidíase é confirmado.

  • Exame Microscópico

Outra maneira de diagnosticar a candidíase é através de um exame microscópico. Neste teste, a amostra coletada é examinada sob um microscópio para identificar a presença do fungo Candida.

Diagnóstico Diferencial

Uma parte importante do diagnóstico é descartar outras condições que podem causar sintomas semelhantes aos da candidíase. Algumas destas condições incluem herpes genital, psoríase, dermatite e balanite.

Após o Diagnóstico

Uma vez que o diagnóstico de candidíase masculina é feito, o médico irá discutir as opções de tratamento. Normalmente, o tratamento envolve medicamentos antifúngicos para eliminar a infecção. A duração do tratamento varia dependendo da gravidade da infecção e da resposta do paciente ao tratamento.

Lembre-se, é vital procurar atendimento médico ao primeiro sinal de infecção. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para aliviar os sintomas rapidamente e prevenir complicações. Embora a candidíase possa ser desconfortável e embaraçosa, é uma condição comum e tratável. Nunca hesite em buscar ajuda médica se suspeitar que pode ter candidíase. Sua saúde e bem-estar são a prioridade número um.

Tratamento da Candidíase Masculina

Após o diagnóstico de candidíase masculina, o próximo passo é o tratamento. O objetivo do tratamento é eliminar a infecção, aliviar os sintomas e prevenir a recorrência da infecção. No entanto, é essencial lembrar que cada caso é único, e o plano de tratamento deve ser personalizado para atender às necessidades específicas do paciente.

Tratamento Medicamentoso

  • Antifúngicos Tópicos

Os antifúngicos tópicos são a primeira linha de tratamento para a candidíase masculina. Estes medicamentos são aplicados diretamente na área afetada para matar o fungo. Os antifúngicos tópicos mais comumente utilizados incluem cremes, loções ou pomadas contendo clotrimazol ou miconazol.

  • Antifúngicos Orais

Em casos mais graves ou persistentes de candidíase, um médico pode prescrever um antifúngico oral, como o fluconazol. Estes medicamentos são normalmente tomados por um período de uma a duas semanas, dependendo da gravidade da infecção.

Cuidados Pessoais e Higiene

Além do tratamento medicamentoso, são recomendadas algumas medidas de higiene para ajudar a aliviar os sintomas e prevenir a recorrência da infecção.

  • Limpeza Adequada

A limpeza adequada da área genital é crucial para evitar a proliferação do fungo. Recomenda-se lavar a área com um sabonete suave e secá-la completamente após o banho. Além disso, evitar o uso de sabonetes e loções perfumados na área genital pode ajudar a prevenir irritações que possam agravar a infecção.

  • Roupas Adequadas

A escolha da roupa íntima pode ter um impacto significativo na prevenção da candidíase masculina. É preferível usar cuecas de algodão, que permitem uma melhor ventilação em comparação com as feitas de materiais sintéticos. Além disso, evitar roupas íntimas apertadas pode ajudar a reduzir a umidade e o calor, que são condições favoráveis para o crescimento do fungo.

Alimentação e Estilo de Vida

Alterações na dieta e no estilo de vida podem desempenhar um papel no tratamento e prevenção da candidíase masculina.

  • Dieta

Algumas evidências sugerem que uma dieta rica em açúcares refinados pode contribuir para o crescimento do fungo Candida. Portanto, uma dieta equilibrada, com foco em frutas, vegetais, proteínas e grãos integrais, pode ajudar a manter o equilíbrio saudável de microrganismos no corpo.

  • Controle do Estresse

O estresse pode enfraquecer o sistema imunológico e tornar o corpo mais suscetível a infecções, incluindo a candidíase. Práticas como meditação, yoga, exercícios físicos e técnicas de respiração podem ajudar a gerenciar o estresse.

Lembre-se, enquanto a candidíase masculina é comum e geralmente inofensiva, é essencial buscar tratamento médico se você suspeitar que pode estar infectado. O diagnóstico e o tratamento adequados podem ajudar a prevenir complicações e garantir uma recuperação rápida e completa. Como em todas as condições médicas, a prevenção é sempre a melhor opção, e a manutenção de uma boa higiene pessoal e de um estilo de vida saudável pode ajudar a prevenir a candidíase e outras infecções.

Prevenção da Candidíase Masculina

A prevenção é sempre o melhor remédio, e isso não é diferente quando se trata de candidíase masculina. Implementar estratégias de prevenção eficazes pode não apenas evitar a infecção inicial, mas também reduzir o risco de recorrências. Este capítulo se concentrará em várias medidas preventivas que os homens podem adotar para se proteger contra a candidíase.

Higiene Pessoal

  • Manutenção da Limpeza Corporal

A higiene pessoal é fundamental quando se trata de prevenir a candidíase. O fungo Candida prospera em áreas úmidas e quentes, como a região genital. Portanto, é essencial manter esta área limpa e seca. Recomenda-se tomar banho diariamente e secar completamente a região genital após o banho ou exercício. Além disso, evite produtos de higiene pessoal com fragrâncias, pois eles podem irritar a pele e promover o crescimento de fungos.

  • Uso de Roupas Adequadas

As escolhas de vestuário podem desempenhar um papel significativo na prevenção da candidíase masculina. A roupa íntima de algodão é a melhor escolha, pois permite uma melhor ventilação em comparação com os materiais sintéticos. Roupas íntimas e calças justas também devem ser evitadas, pois podem aumentar o calor e a umidade, criando um ambiente propício para o crescimento de fungos.

Nutrição e Estilo de Vida

  • Dieta Balanceada

A alimentação é um aspecto fundamental na prevenção de muitas doenças, incluindo a candidíase. Uma dieta rica em açúcares e carboidratos refinados pode alimentar o crescimento excessivo de Candida. Por outro lado, uma dieta balanceada, com muitas frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais, pode ajudar a manter um equilíbrio saudável da microbiota e fortalecer o sistema imunológico.

  • Controle do Estresse

A gestão do estresse é outra consideração importante na prevenção da candidíase masculina. O estresse crônico pode enfraquecer o sistema imunológico e tornar o corpo mais vulnerável a infecções. Práticas como yoga, meditação, exercícios físicos e técnicas de respiração podem ser úteis para gerenciar o estresse.

Prevenção em Casos Especiais

  • Homens Diabéticos

Os homens com diabetes têm um risco maior de candidíase devido aos níveis elevados de açúcar no sangue que podem promover o crescimento excessivo de fungos. Portanto, é crucial que os homens diabéticos mantenham o controle adequado da glicemia.

  • Após o Uso de Antibióticos

Os antibióticos podem perturbar o equilíbrio saudável de microrganismos no corpo, potencialmente levando a um crescimento excessivo de fungos. Se você precisar tomar antibióticos, converse com seu médico sobre as possíveis medidas preventivas, como a ingestão de probióticos.

Em resumo, a prevenção da candidíase masculina se resume a cuidados pessoais adequados, escolhas de estilo de vida saudáveis e atenção especial em situações que aumentam o risco de infecção. Lembre-se de que, embora estas dicas de prevenção sejam úteis, elas não substituem o aconselhamento médico profissional. Se você tem dúvidas sobre a candidíase masculina ou acredita que pode estar em risco, entre em contato com seu urologista para discutir suas preocupações.

Conclusão

A candidíase masculina, embora não seja um tópico frequentemente discutido, é uma condição comum e que pode causar desconforto significativo. Ela é facilmente tratável na maioria dos casos, mas é ainda melhor quando podemos preveni-la.

A Importância do Acompanhamento Médico

  • Por Que é Importante?

Embora a candidíase masculina possa ser desconfortável e, às vezes, constrangedora, é essencial lembrar que ela é uma condição médica que requer atenção adequada. A orientação e o acompanhamento médico são essenciais, tanto para o diagnóstico correto quanto para a determinação do melhor tratamento. Autodiagnóstico e automedicação são práticas que devem ser evitadas, pois podem levar a complicações desnecessárias.

A consulta regular ao urologista é uma parte fundamental do cuidado da saúde masculina. Isso permite não apenas o tratamento de problemas existentes, mas também a prevenção de condições futuras. Portanto, mesmo que você não esteja experimentando sintomas de candidíase ou outras condições de saúde, as consultas de rotina são uma prática de saúde essencial.

  • Quando Procurar Ajuda

Caso você esteja experienciando sintomas que suspeite serem de candidíase, ou se você se encontra em um grupo de risco para a condição (como indivíduos com diabetes, obesidade ou aqueles que utilizam antibióticos de amplo espectro), é importante procurar orientação médica imediatamente. Seu médico poderá confirmar o diagnóstico e aconselhá-lo sobre o melhor curso de tratamento.

Mantendo a Saúde Masculina

O controle da candidíase masculina não deve ser visto isoladamente, mas como parte de um compromisso mais amplo com a saúde masculina. Adotar um estilo de vida saudável – que inclui uma dieta equilibrada, exercício regular, bom sono, controle do estresse e hábitos saudáveis de higiene – é a melhor maneira de prevenir a candidíase e uma série de outras condições de saúde.

Além disso, é crucial estar atento a qualquer mudança em seu corpo ou saúde e buscar ajuda médica quando necessário. Uma abordagem proativa para a saúde pode fazer uma enorme diferença na prevenção de doenças e na manutenção da qualidade de vida.

Para concluir, a candidíase masculina é uma condição que pode afetar muitos homens em algum momento de suas vidas. Embora seja uma condição tratável, sua prevenção e o cuidado com a saúde masculina como um todo são as melhores abordagens. Lembre-se, seu médico está aqui para ajudá-lo em cada passo do caminho. Portanto, se você tiver alguma dúvida ou preocupação, não hesite em procurá-lo.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Categorias
urologista

Dr. Petronio Melo

CRM-SP 157.598 – RQE 70.725

  • Doutorado pela Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo (USP)
  • Certificação em Cirurgia Robótica pela Intuitive Surgical
  • Membro da American Urological Association (AUA)
  • Membro da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

DÚVIDAS?

Categorias
urologista

Dr. Petronio Melo

CRM-SP 157.598

– Urologista, Andrologista e Cirurgião Robótico

– Certificação em Cirurgia Robótica pela Intuitive Surgical (Sunnyvale, Califórnia, EUA).

– Doutorado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)

DÚVIDAS?

Agende com um especialista

Sua saúde é um investimento valioso e sua saúde urológica não é exceção. Como discutido ao longo deste artigo, a candidíase masculina é uma condição comum, mas que pode causar desconforto significativo. A boa notícia é que é altamente tratável, especialmente quando diagnosticada precocemente.

Se você tem perguntas adicionais sobre a candidíase masculina, sintomas, prevenção, tratamento ou sobre sua saúde urológica em geral, estamos aqui para ajudar. Tenha em mente que os conselhos médicos online e as informações gerais são apenas isso – informações gerais. Eles não substituem o aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Se você acredita que pode estar experimentando sintomas de candidíase masculina ou simplesmente gostaria de discutir mais sobre prevenção e cuidados com a saúde masculina, o próximo passo é agendar uma consulta médica. Consultar um urologista pode fornecer as informações e o suporte de que você precisa para lidar efetivamente com essa condição.

Nossa equipe médica, liderada pelo Dr. Petronio Melo, está pronta para auxiliá-lo com profissionalismo e cuidado. Nossa abordagem é centrada no paciente e voltada para o fornecimento de cuidados urológicos personalizados de alta qualidade. Estamos localizados na Rua Domingos de Morais, 2187, Bloco Paris – conj. 210, Vila Mariana, São Paulo, SP, Brasil, CEP 04035-000.

Você pode nos contatar pelos telefones (11) 91060-1374 ou (11) 2659-4092 para marcar sua consulta. Também estou disponível online. Meu site é https://www.drpetroniomelo.com.br e lá você encontrará mais informações sobre minha prática, bem como um portal para marcar consultas. Além disso, sinta-se à vontade para me seguir no Facebook (https://www.facebook.com/drpetroniomelo) e no YouTube (https://www.youtube.com/drpetroniomelo) para mais informações e updates.

Investir no cuidado com a saúde masculina e entender as várias condições que podem afetar os homens é um passo importante na manutenção de uma vida saudável e ativa. A candidíase masculina é apenas uma das muitas condições que podem ser abordadas por meio de cuidados médicos regulares e atenção à saúde pessoal.

Portanto, não hesite em tomar medidas proativas em relação à sua saúde. Marque uma consulta hoje mesmo e comece sua jornada em direção a um bem-estar urológico melhor. Lembre-se, estamos aqui para ajudá-lo em cada passo do caminho.

Atendimento com Urologista

Entre em contato e agende a sua consulta 

São Paulo - SP

R. Domingos de Morais, 2187, Bloco Paris – conj. 210
Vila Mariana, CEP 04035-000

Atendimento online

Horário de atendimento: 08:00 às 20:00
consultorio urologia vila mariana

São Paulo, SP

Consulta presencial

favicon petronio melo

Telemedicina

Consulta online